Siga a LATINA

Entrevistas

ENTREVISTA | Com ‘Munay’, Pedro Capó respira esperança

Confira!

Sofia Sampaio

Postado

em

Pedro Capó entrevista outubro

Pedro Capó voltou a falar com a Latina Brasil, pouco tempo depois do lançamento de Munay, seu quinto álbum na carreira e quarto de canções originais.

Você também pode gostar:
Sebastián Yatra e Guaynaa anunciam ‘Chica Ideal’
Paty Cantú, Joey Montana, Maffio e mais chegam com novos hits
Luis Fonsi e Daddy Yankee serão reconhecidos no Billboard Latin Awards

Com onze faixas, o cantor fala de vários tipos de amor – não apenas o romântico, mas todo aqueles que sentimos em situações diversas. O título Munay significa exatamente isso: amor puro, universal.

A ideia veio após um retiro espiritual na Amazônia, que Pedro Capó faz há 20 anos com a medicina alternativa da Ayuasca. O acampamento que ficou da última vez leva este nome e foi aí que começou a tirar inspiração para o material.

A maior parte das canções são mais “elétricas”, com exceção das quase-baladas Contigo Na’ Ma e Tu Fanático, que seguem um caminho um pouco menos vibrante, mas ainda falando sobre amor. É um álbum feito para dar esperança àquele que o escuta, como Day by Day e Las Luces, carregadas de batidas e ritmos que facilmente nos aproxima de um hino e grito de paz e esperança, ainda que essa frase pareça clichê.

É, também, uma maneira de se aproximar um pouco mais de Capó, de maneira artística, que ficou cinco anos sem lançar um material inédito [En Letra de Otro, de 2017, são versões de músicas de terceiros]. Foi com Calma que conquistou grandes números de vendas e reconhecimento até mesmo no Grammy Latino.

Com Munay, o porto-riquenho mostra exatamente que além da calmaria, também tem arrependimentos e medos, mas no equilíbrio necessário do amor (da suas diversas maneiras) e esperança e respeito.

Confira a entrevista na íntegra:

Compartilhe com seus amigos!

error: Este conteúdo é exclusivo da Latina Brasil