Siga a LATINA

Notícias

Afinal, Rosalía é uma artista latina ou não?

Sofia Sampaio

Postado

em

As discussões sobre a “latinidade” de Rosalía não são novas. Quando a espanhola começou a ganhar mais destaque com o álbum El Mal Querer (2018), os questionamentos acerca desse tema começaram a aparecer.

Recentemente, o debate ficou em alta quando a cantora ganhou o prêmio de Melhor Música Latina pela sua parceria com J Balvin (colombiano) em Con Altura, além de levar Melhor Coreografia pela mesma canção, no Video Music Awards. Semanas antes da premiação, Rosalía conversou com a revista FADER sobre o assunto.

“Se a música latina é feita em espanhol, então minhas músicas fazem parte da música latina. Sei que se eu disse que sou uma artista latina não está correto, ou está?”. A artista nasceu na Espanha e, seguindo essa lógica, é considerada européia. “Faço parte de uma geração que faz música em espanhol. Então, não sei – é um senso comum, eu prefiro que os outros decidam se estão inclusa nisso”, finalizou.

Tanto na canção Con Altura quanto Yo x Ti, Tu x Mi, com o porto-riquenho Ozuna, Rosalía explorou o reggaetón – sem deixar de lado o seu flamenco-pop, que a destacou. Entretanto, no Grammy Awards 2020, a artista levou para casa a estatueta de Melhor Álbum Latino de Rock, Urbano ou Alternativo por El Mal Querer. Já no Grammy Latino, Rosalía teve 11 indicações, vencendo Melhor Música Alternativa, Melhor Fusão Urbana (Malamente), Álbum do Ano, Melhor Pop Vocal Contemporâneo (El Mal Querer) e Melhor Música Urbana (Con Altura).

Vale ressaltar, também, que grandes artistas espanhóis são muito bem vistos na comunidade latina. Enrique Iglesias, por exemplo, não teve sua “latinidade” questionada, bem como Alejandro Sanz.

Compartilhe com seus amigos!

Trending