Siga a LATINA

Notícias

Alfonso Herrera denuncia motorista que o ameaçou

O ator estava nos Estados Unidos e foi ameaçado com uma arma por motorista da Uber.

Sofia Sampaio

Postado

em

Poncho Herrera denuncia motorista que o ameaçou

Alfonso Herrera, ex-RBD, revelou nas redes sociais uma situação que passou com um motorista do Uber. O artista usou o Twitter para relatar o ocorrido e a resposta da empresa, que para o mexicano, não foi agradável.

[ENTREVISTA] Sebastián Yatra na Latina Brasil
Anahí posta trecho de Latidos, música que fez para o filho
Premios Odeon: confira os vencedores

Nessa terça-feira (21), Herrera contou no Twitter que estava em Miami e o motorista do aplicativo o ameaçou uma arma. “Hoje experimentei uma situação totalmente lamentável com um motorista da Uber. Espero que tomem providências sobre isso, porque não é algo pequeno. Estou disposto a colaborar com eles para fazer uma investigação minuciosa para que isso não volte a acontecer com nenhum outro cliente”, escreveu. “Um motorista do Uber que eu ia pear nos Estados Unidos pede para cancelar a viagem. Ao dizer a ele que ele deveria fazer isso, ele ameaça sacar sua arma se eu não sair. Eu denuncio e a Uber apenas diz ‘Sinto muito, mas não podemos dizer como esse caso acabará’. E as garantias e direitos?”, concluiu.

Por ser uma figura pública, Alfonso Herrera provavelmente deve continuar com a denúncia à Uber até que o motorista não possa mais trabalhar na empresa. Vale lembrar que o porte de armas é permitida na maioria dos estados do país, como na Flórida, onde aconteceu a ameaça.

Em março, o ator começa as gravações de Las Bravas F.C, série mexicana de oito episódios que deve estrear ainda nesse ano. A trama contará histórias de superações, trabalho em equipe e preconceitos: a equipe, de uma cidade pequena do México e sem muitos recursos, tem o sonho de ganhar um campeonato regional. Para isso, terão que ser treinadas pelo personagem de Poncho, um treinador profissional que precisa deixar uma equipe masculina de sucesso – por conta de uma aposta, aceita o emprego de treiná-las, mesmo achando que futebol feminino não é esporte.

Compartilhe com seus amigos!

Trending