Siga a LATINA

Notícias

Bad Bunny indica novo álbum

Se lançado este ano, será o terceiro.

Sofia Sampaio

Postado

em

Bad Bunny indica novo álbum

Se teve um ano que o público ouviu o nome de Bad Bunny em diversos lugares, foi em 2020. A gente sabe que o ano ainda não acabou, mas sem dúvida o porto-riquenho é um dos artistas mais mencionados nos últimos tempos.

Bad Bunny lançou dois álbuns no primeiro semestre deste ano, YHLQMDLG e Las Que No Iban a Salir, e consequentemente começou a fazer história em números de vendas e charts da Billboard.

Você também pode gostar:
Sfera Ebbasta & J Balvin estreiam clipe de ‘Baby’
Reik e Christian Nodal se unem para duas versões de ‘Poco’
Dua Lipa convida J Balvin, Bad Bunny e Tainy para show online

Em março, o “coelho mau” estreou YHLQMDLG em segundo lugar na Billboard 200 (ranking de álbuns de todos os gêneros), além de colocar todas as faixas no Hot Latin Songs (ranking das maiores músicas latinas). Além disso, é um dos indicados a “Melhor Álbum Pop/Urbano Latino” no Grammy Awards.

Sem aparentar vontade em “descansar” a própria imagem, Bad Bunny publicou no Twitter uma lista com 17 números e a palavra “temazo” (sucesso) ao lado de cada um, imitando uma tracklist – algo bem semelhante com o que fez antes de lançar YHLQMDLG em fevereiro.

É verdade que o artista passou um tempo fora das redes sociais entre o mês de maio até meados de agosto, mas isso não significou uma completa ausência de trabalhos e notícias. Durante esse período, Bad Bunny foi capa da Rolling Stone, foi o primeiro homem estampar a capa da Playboy, estreou uma espécie de mini documentário em parceria com o YouTube e ganhou o prêmio de Melhor Compositor pela ASCAP Latin, o que rendeu muitas discussões entre os internautas, deixando o nome do cantor em alta. Também durante o ano, disponibilizou algumas criações no SoundCloud de freestyles independentes.

No último mês, Benito Martinez Ocasio, como realmente se chama, convidou o também porto-riquenho Jhay Cortez para o single Dákiti, o primeiro oficial desde Las Que No Iban a Salir, material de descartes de canções que, como diz o título, não seriam lançadas.

A canção marcou mais um ponto histórico na carreira de Benito ao estrear em nono lugar na Hot 100, transformando-se na maior estreia de uma canção inteiramente em espanhol de artistas latinos.

Parece que em breve serão mais 17 músicas candidatas a fazer mais história. Vale lembrar que ao final do clipe de Dákiti, aparece a frase El Ultimo Tour del Mundo, que também está na biografia do cantor no Twitter.

Compartilhe com seus amigos!

error: Este conteúdo é exclusivo da Latina Brasil