Siga a LATINA

Notícias

Nossa, o que rolou? Relembre momentos do 1º semestre de 2020!

Parece que foi em outra vida…

Sofia Sampaio

Postado

em

Nossa, o que rolou? Relembre momentos do primeiro semestre de 2020!

Você já deve ter lido que “2020 não foi um ano fácil” em vários lugares – e não foi mesmo. Além da pandemia e a falta de noção e clareza de quando tudo isso pode chegar ao fim ou ao menos ser controlado, a quantidade de informações chegando por minuto foi algo difícil de lidar – e o entretenimento latino não foge disso.

Foi um ano de muitas conquistas e “polêmicas” no mundo latino, como sempre é, mas que por fim ajudaram a comprovar que o gênero não está “conquistando” um espaço no mercado global, mas que ele já tem um lugar muito bem garantido.

Relembre momentos memoráveis do primeiro semestre de 2020:

JANEIRO

Parece que foi em outra vida, mas no primeiro mês de 2020 Despacito entrou para a história como a música que mais recebeu certificado de platina nos Estados Unidos.

No dia 26 de janeiro aconteceu o Grammy Awards, que consagrou Alejandro Sanz na categoria de Melhor Artista Latino Pop por El Disco. Rosalía, além de se apresentar no evento, também levou na categoria de Best Latin Rock, Urban ou Alternative Album por El Mal Querer.

FEVEREIRO

No dia 02 de fevereiro, Shakira e Jennifer Lopez fizeram história no Super Bowl. As cantoras entregaram uma performance impecável também ao lado de J Balvin e Bad Bunny que logo entrou para a história do Show de Intervalo, fechando o Top 10 de audiência do show.

No dia 08 do mesmo mês, Camilo e Evaluna, um dos casais mais midiáticos e queridos do mundo latino, firmavam a relação numa cerimônia cheia de amigos, familiares e famosos – com uma família musical, como ser diferente?

Pouco depois, o Lo Nuestro Awards se tornou a última premiação nos moldes antigos – pelo menos até o momento. Na ocasião, o pai do reggaetón Daddy Yankee levou sete prêmios como Artista do Ano e Single e Música do Ano pelo hit Con Calma, com Snow. Oasis, álbum conjunto de Bad Bunny e J Balvin, levou como Álbum do Ano e Rosalía e Lunay foram reconhecidos como Melhor Novo Artista (Feminino e Masculino).

Cardi B seguiu fazendo história e com 1 bilhão de streams em I Like It, e se tornou a primeira rapper com esse número em uma única música.

MARÇO

No dia 03 de março, um pouco antes do COVID 19 ser uma preocupação mundial, Bad Bunny lançava YHLQMDLG, que logo depois quebraria recordes nas paradas musicais. Já na estreia, o álbum debutou em segundo lugar na tabela geral da Billboard.

Também no começo de março, Shakira parecia apostar em uma nova era com o lançamento do clipe de Me Gusta, single com Anuel AA. A produção visual chegou dois meses depois da estreia do áudio e prometia ser um primeiro passo nas possíveis novas músicas da colombiana – mas acabou por aí mesmo.

Enrique Iglesias e Ricky Martin surpreenderam os fãs ao anunciarem uma turnê conjunta pela América do Norte, onde Sebastián Yatra também participaria como convidado especial. Programada para setembro, a turnê segue incerta.

J Balvin quase mudou de ideia, mas o sexto álbum da carreira, Colores, chegou no dia 20 de março.

Lauren Jauregui também surpreendeu ao lançar Lento, reggaeton que veio pouco tempo depois da colaboração em Nada, canção de C. Tangana com Tainy.

ABRIL

No começo de abril, CNCO disponibilizou Honey Boo em parceria com Natti Natasha, single que indicava que a nova era ia começar com ou sem Coronavírus – mas só indicou mesmo.

David Bisbal lançava um dos primeiros clipes feitos de maneira caseira com a nova versão de Si Tú La Quieres, uma parceria com Aitana. A Latina Brasil entrevistou o espanhol na época.

Tainy também apareceu aqui na Latina no mesmo mês para conversar sobre o álbum Kids that Grew Up on Reggaeton.

Pouco tempo depois, One World Together at Home foi transmitido no mundo inteiro com participações de Maluma, JLo, Luis Fonsi, Sebastián Yatra e vários outros artistas de peso.

MAIO

Em maio, Danna Paola lançou Contigo, canção que gravou no começo do quarentena e a firmou no mundo da música de vez. Na época, a Latina Brasil teve o prazer enorme de falar com ela.

Bad Bunny lançou o álbum Las Que No Iban a Salir, um material de canções que foram descartadas anteriormente pelo porto-riquenho. Assim como fez com YHLQMDLG, o álbum conquistou várias posições incríveis nas paradas musicais pelo mundo todo.

Camilo lançou o álbum Por Primera Vez, que é considerado como o primeiro álbum da carreira do colombiano. Nele, os hits Tutu, Favorito e Por Primera Vez performaram muito bem nas paradas de pop latino – e mais tarde, indicado ao Grammy Latino e Grammy Awards.

Paulo Londra passa a enfrentar um processo na justiça para ter o direito às próprias músicas e desfazer parceria com Ovy on the Drums.

Luis Fonsi lançou Girasoles, canção feita e gravada durante a quarentena. Foi a primeira canção desde o álbum Vida, material que reúne os sucessos Despacito e Échame La Culpa. A Latina Brasil também teve o privilégio de falar com ele.

Rosalía enfim lançou TKN, música com Travis Scott que ela quase não lançou. A ideia era estrear a canção quando a pandemia acabasse, por ser uma canção mais festiva que a espanhola gostaria de ver nas festas – mas a pandemia não acabou e ela não aguentou.

JUNHO

Junho foi um mês movimentado nas redes sociais. Como manifestação do movimento Black Lives Matter, logo após a morte violenta de George Floyd, muitos artistas passaram a discutir sobre racismo.

Numa dia 30 de maio, muitos latinos se juntaram ao movimento do “apagão” nas redes sociais como forma de protesto.

Dulce Maria revela que está grávida pelas redes sociais. A cantora espera uma menina e, até o momento, não confirmou se já deu a luz à primeira filhota.

Aitana foi um das artistas que também passaram pela Latina Brasil! Na ocasião, a cantora contou que o próximo álbum, que só agora sabemos que se chama 11 Razones, exploraria um lado mais pop punk.

Black Eyed Peas lança Translation, álbum com majoritariamente latino, com batidas do hip hop e reggaeton. As parcerias com Maluma, Ozuna, Becky G e Shakira são só algumas das que se destacaram.

Também em junho, a gente conversou com a banda colombiana Morat. Na ocasião, eles divulgavam a parceria com Sebastián Yatra, Bajo La Mesa, e descobrimos a paixão e admiração da banda pelo Brasil.

Também em junho, Ricky Martin surpreendeu com o lançamento de Pausa, um álbum bem delicado com parcerias como Carla Morrison e Sting.

E aí, deu pra relembrar bastante coisa? A gente sabe que entre esses acontecimentos que destacamos, muita coisa aconteceu. O que mais você lembra que rolou nesse período?

Compartilhe com seus amigos!

error: Este conteúdo é exclusivo da Latina Brasil