Siga a LATINA

Notícias

Ricky Martin será host do Grammy Latino!

Veja a entrevista sobre o que esperar da edição e das polêmicas deste ano.

Sofia Sampaio

Postado

em

Ricky Martin será o host do Grammy Latino!

Faz 20 anos que um dos porto-riquenhos mais queridos do mundo, Ricky Martin, subiu pela primeira vez no palco do Latin Grammy Awards. Agora, em 2019, o artista vai retornar ao evento como apresentador da premiação, que rola em novembro.

Latin Grammy Awards 2019: confira todos os indicados

“Eu estava pensando na primeira vez que subi naquele palco, de mãos dadas com Celia Cruz e Gloria Estafan – meu Deus, isso faz 20 anos”, disse Ricky Martin ao EW. “Tem sido uma mistura de emoções desde então, mas tem sido lindo. Eu estou bem ansioso para isso”, completou.

Faz 20 anos que a música latina explodiu nos EUA

Essa é a primeira vez de Ricky Martin como “host” em toda sua carreira – a primeira vez e já no Grammy Latino! “Nesse momento, nós estamos sendo criativos e conceituais. Vamos fazer coisas incríveis juntos”, revelou o cantor que acompanhará as co-hosts Roselyn Sanchez e Paz Vega. “Eu nunca fiz isso antes, mas claro que estou cercado por uma produção incrível e maravilhosos criadores – e especialmente a música, que vai falar por si mesma. Vamos ter muita diversão. Óbvio que estou nervoso… Como não? Todo mundo que está trabalhando comigo agora já fez isso antes. Novembro vai ser um grande mês”, finalizou.

Mesmo com Martin não querendo dar muitos detalhes, a própria Academia revelou que ele vai performar. “Quando eu estou num palco dessa magnitude, eu não posto só ir lá e ser anfitrião”, diz Ricky Martin. “Vamos ver o que vai acontecer. Nós temos ótimas novidades que nunca foram feitas antes no Latin Grammys e vai ser bem interessante. É tudo sobre música, não é só sobre levar todos os gêneros, mas também as gerações. Não falo no que eu vou fazer como host, falo no geral”, finalizou.

O cantor, que há 20 anos apresentou o seu primeiro grande hit Livin La Vida no mesmo palco, falou também sobre a música latina atualmente. “Para mim, o que está acontecendo com a minha música agora é sobre o foco no que vai acontecer e o quanto a nova geração, extremamente talentosa, tem feito pela música. Mas também, voltar no tempo e deixar aqueles incríveis artistas que não estão mais entre nós, falarem através da música. É sobre isso que precisa ser”, opinou. “Nós vamos celebrar 20 anos da música latina, é como se tivéssemos abrindo e fechando ciclos. Há 20 anos, nós sentimos essa explosão, a explosão internacional da música latina quando ela apareceu no mainstream e agora está acontecendo de novo. Isso é algo que precisamos aprender com nossa história, que a nova geração precisa aprender sobre nossa história. Eles estão seguindo os passos que nós demos no passado e ele estão fazendo um trabalho incrível. Por isso, eu preciso dar muito crédito à eles. Pessoas de todo mundo estão realmente curtindo a música latina e é lindo reviver essa experiência”.

Grammy Latino: conheça quem são os indicados à Revelação

Claro que ela também falou da polêmica envolvendo o Grammy Latino – a falta de indicações do gênero urbano. Daddy Yankee, J Balvin, Natti Natasha e tantos outros nomes de credibilidade criticaram a falta de reggaetón na premiação, criando o movimento Sin reggaeton NO hay Latin Grammy. “Eu acho que enquanto artistas, nós precisamos trabalhar duro. Precisamos nos trancar no estúdio e sair da nossa zona de conforto, sempre desafiando nós mesmos. Eu acho que Academia, eles estão aqui há um tempo. Há tantos, tantos, tantos artistas incríveis que nunca foram nomeados por uma razão qualquer. E eu acredito que, se você se sente mal porque não foi nomeado neste ano, bom, quer saber? Se tranque no estúdio e traga algo melhor no próximo ano. E lute, lute pela sua arte”, finalizou.

O Grammy Latino acontece no dia 14 de novembro, em Las Vegas.

Compartilhe com seus amigos!

Trending