Siga a LATINA

Notícias

Shakira fala sobre depressão e crise no casamento

Confira trechos da entrevista ao The Guardian.

Sofia Sampaio

Postado

em

Shakira fala sobre depressão durante problema grave nas cordas vocais

Em 2017, Shakira teve um grande problema nas cordas vocais e pensou que nunca mais poderia cantar. Por isso, o filme da El Dorado Tour é tão importante para colombiana, pois revive um dos momentos mais difíceis e, também, de superação na sua carreira. Shakira In Concert: El Dorado World Tour, estreou nos cinemas de mais de 60 países no último 13 de novembro.

J Balvin: veja novo clipe Blanco
Grammy Latino: confira os vencedores
Camila Cabello é eleita uma das artistas mais influentes pela TIME

A cantora revelou que o período que teve hemorragia nas cordas vocais foi sombrio. “Sempre pensei que haveria coisas na minha vida que desapareceriam, como beleza e juventude. Mas nunca pensei que minha voz me deixaria, porque é tão inerente à minha natureza”, disse ao The Guardian. “Era minha identidade. Então, quando eu não conseguia cantar, era insuportável. Houve momentos que eu nem conseguia sair da cama – eu estava muito deprimida”, revelou.

Em Shakira In Concert, filme estreado na última semana, a colombiana mostra um pouco desse momento. “Você sai em busca de afirmação de que é bom, que as pessoas gostam de você… Mas dessa vez foi diferente – eu estava lá porque eu queria sentir o prazer de cantar“, disse. Para recuperar a voz, Shakira optou por não passar por uma operação e recorreu a tratamentos paliativos, como quando só se comunicava por sinais, sem falar.

Na época, seus filhos tinham dois e quatro anos e ainda não sabiam ler, então a comunicação era limitada. Com seu marido, o jogador do Barcelona Gerard Piqué, foi tão difícil quanto. “Ele brinca que é aquela coisa de querer que sua esposa fique quieta, mas quando eu precisei ficar, ele se sentiu como um ex-prisioneiro que é solto e não sabe o que fazer com a liberdade. Eu nunca fui positiva [em relação à recuperação]. Eu estava tão pessimista. Eu era uma pessoa horrível de se ter por perto, Gerard viu o pior de mim“, revelou. Por fim, quando sua voz voltou, Shak sentiu como “uma experiência religiosa”. Por isso, todas as noites durante a turnê de El Dorado foi como um “presente ou benção”.

Com o lançamento do filme, Shakira também disponibilizou o álbum ao vivo do show em todas as plataformas digitais.

A artista prepara-se para um outro momento importante da carreira. Em fevereiro, ela se apresentará no Halftime Show do Super Bowl, ao lado de Jennifer Lopez. “Eu acho que esse é o momento certo de fazer isso pela comunidade Latina, porque nós estamos passando por tanta coisa na América de Trump, com muros sendo construídos…”, disse. “É uma oportunidade para celebrar nossa cultura, sabe?”.

Além disso, ela também falou sobre esse momento da música latina no mundo. De fato, não há timing melhor para ter duas headliners latinas em um dos eventos de maior audiência no mundo inteiro. “Era hora”, disse. “Quando eu comecei, não havia música pop da Colômbia. Eu tive que ultrapassar tantos obstáculos para me tornar uma cantora pop internacional. Mias tarde, quando pude atravessar esse mercado, tive que brigar com minha própria gravadora para lançar músicas como Hips Don’t Lie“.

A final do Super Bowl acontece no dia 02 de fevereiro, data de aniversário de Shakira.

Compartilhe com seus amigos!

Trending